Terça-feira, 31 de Maio de 2005

Dia Mundial de Luta Contra o Tabaco

cigarro.JPG

Hoje, dia 31 de Maio, é o Dia Mundial de Luta Contra o Tabaco.



Não vou falar dos malefícios que o tabaco pode causar, pois todas as pessoas conhecem, as doenças que este, pode causar, mas pura e simplesmente ignoram-nas.



O tabaco é das principais causas de morte por cancro do pulmão, de cancro da laringe entre outros. Talvez poucos conheçam, que um simples cigarro, contém, centenas de substâncias químicas, que potenciam o cancro, mas isso é um facto.



Muitos dos fumadores continuam a fumar, porque julgam-se imunes ao cigarro e só depois de diagnosticado o cancro, ou quando aparecem no hospital com sintomas de DPOC (doença pulmonar obstrutiva crónica), nomeadamente cianose, dificuldades respiratórias, adejo nasal, entre outras, é que deixam de fumar.



É que aqui, já não há nada a fazer, lembrem-se o que o povo diz: “mais vale prevenir que remediar”, e neste aspecto (tal como em outros) é muito importante prevenir.



Fumar, tornou-se um hábito social tolerável (embora seja prejudicial à saúde). Nas discotecas, nos cafés, nos bares, até (infelizmente) nos Hospitais.



É que até mesmo o pessoal da saúde, que sabe como ninguém, o que o hábito de fumar significa, continua a realizar este acto. É uma das coisas que não intendo. O pior é que fumam e prejudicam os seus doentes.



Digo isto porque, quando os vejo à porta do IPO, andam a fumar com a bata do serviço vestida e quando vão tratar dos seus utentes, aposto que nem se dignificam a despir a bata ou a lavar as mãos, e devido a isso os seus utentes inalam o fumo do tabaco, ou seja são fumadores passivos.



Muitas das pessoas não levam à letra a célebre frase que diz: “que a liberdade de um acaba, quando atinge a liberdade do outro”. Neste problema, é bastante evidente esta afirmação, já que os que mais sofrem deste problema, são os fumadores passivos e não os activos.



Eu sempre que posso, tento fazer uma pequena Sessão de Educação para a Saúde, sempre que alguém me vem pedir cigarros, ou sempre que alguém me pede um isqueiro. Alguns ainda, reconsideram e voltam atrás na decisão de fumar, mas sei que isso será apenas de pouca duração.



Enfim, o tabagismo envolve muito dinheiro e por muito que se faça, a problemática dos fumadores, é daquelas questões que nunca irá acabar, por muitos esforços que se façam.



Fica a esperança que nós, Futuros Enfermeiros, consigamos despertar os mais jovens para evitarem fumar… (embora toda gente sabe que o exemplo deve vir de cima, por isso, também é importante os pais e outros familiares dessas crianças, deixem de fumar… lembrem-se da teoria de Bandura!!!)

publicado por Pica às 22:48
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 22 de Maio de 2005

Adeus Coimbra... Aqui vou eu Monte Gordo

Monte Gordo.JPG

Estou de partida de Coimbra. Vou deixar a minha linda cidade, banhada pelo Mondego para, ir uma semaninha, para Monte Gordo.



Não porque estou chateado com a cidade dos estudantes, mas é que esta, é a altura do ano, em que todos os Estudantes de Enfermagem e Enfermeiros, se reúnem num grande encontro a nível Nacional.



Este encontro é o famoso ENEE, Encontro Nacional de Estudantes de Enfermagem. O ano passado foi feito na Vagueira, mas este ano vai ser feito, no Algarve, em Monte Gordo.



Ando aqui numa azáfama, a preparar as coisas para levar… mesmo assim, se calhar, ainda me devo esquecer de alguma coisa. Levo dois sacos de roupa, um saco de comida, tenda, colchão e um de saco cama (acho que chega para aguentar uma semana!!!).



Bem!!! parece que mais uma vez, o blog vai andar às moscas, durante algum tempo, por isso, não se esqueçam de ler os outros artigos e comentar. Há aí muita coisa que muitos de vocês, ainda não passou os olhos.



Enfim, tenho que me despachar, porque hoje há noite vai ser uma longa viagem de carrinha…



Para todos os Estudantes de Enfermagem:



Encontramo-nos em Monte Gordo!!!

publicado por Pica às 17:18
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 19 de Maio de 2005

João o Grande

joao manuel.JPG

Ontem, para além da derrota da Sporting na taça UEFA (que dominou os temas dos telejornais de hoje), faleceu um grande homem, do mundo do desporto. Esse Homem foi João Manuel.



O futebolista João Manuel, que interrompera a carreira por sofrer de esclerose múltipla, morreu ontem no hospital Nossa Senhora da Oliveira, em Guimarães. João Manuel Loureiro dos Santos, contava com 37 anos e era natural de Moimenta da Beira. Foi jogador (entre outros clubes) da Académica, do União de Leiria e do Moreirense (seu último clube, onde chegou mesmo a iniciar esta época, tendo mesmo jogado, em duas partidas).



A esclerose múltipla é uma doença do Sistema Nervoso Central, lentamente progressiva, que se caracteriza por placas disseminadas de desmielinização (perda da substância –mielina- que envolve os nervos) no crânio e medula espinhal, dando lugar a sintomas e sinais neurológicos sumamente variados e múltiplos, às vezes com remissões, outras com exarcebações, tornando o diagnóstico, o prognóstico e a eficiência dos medicamentos discutíveis.



Não existem causas conhecidas para a esclerose múltipla. Contudo pensa-se que esta tem origem em anomalias imunológicas, infecções produzidas por um vírus latente e mielinólise por enzimas (destruição da mielina por enzimas).



Os pacientes referem problemas visuais, distúrbios da linguagem, da marcha, do equilíbrio, da força, fraqueza transitória no início da doença, em uma ou mais extremidades, dormência e com períodos às vezes de melhoras e pioras (entre outros).



A evolução é imprevisível e muito variada. No início, podem haver períodos longos de meses ou anos entre um episódio ou outro, mas os intervalos tendem a diminuir e eventualmente ocorre a incapacitação progressiva e permanente. Alguns pacientes tornam-se rapidamente incapacitados. Contudo, quando a doença apresenta-se na meia-idade, a progressão é rápida e sem melhoras e às vezes fatal em apenas um ano.



Foi isto que aconteceu a João Manuel. Considerado por todos um atleta exemplar, João Manuel, que até sentiu o apoio dos amigos do futebol, no dia 8 de Março, numa partida que em Coimbra, reuniu jogadores de todos os clubes da Superliga, não conseguiu “correr” mais que a doença, que “cavalgou” de forma mais galopante que ele.



Resta deixar aqui, a minha humilde homenagem, a um homem, que tinha um modo especial, de estar no futebol e na vida.



Por tudo isto:



Obrigado João!!!

publicado por Pica às 23:06
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 15 de Maio de 2005

Ode Queimal

Estudante.JPG


Não sei por onde começar,
Mas é certo o que se passou.
Dia 5 ouve Fado
E a Festa começou.</p>

“Chegou a Queima” dizíamos nós.
Está a rambóia a iniciar.
Os caloiros muito nervosos,
Os finalistas ansiosos,
Por mais uma diversão,
Do tempo dos nossos avós.</p>

No parque andou tudo contente,
Pois há sempre em toda a gente,
Um amigo em comum.
É álcool com certeza,
Que os estudantes tanto prezam,
E igual a ele não há nenhum.</p>

Era cerveja, era vinho,
Era shot’s e traçadinho,
Era tudo e mais o quê.
Pa’ legrar a minha malta.
Pois Queima igual a Coimbra,
Nunca ninguém assim a vê.</p>

Na Terça foi o desfile,
Desta festa estudantil.
Andou tudo de trajezinho,
Quase não tinha fim,
Para que assim no final da noite,
Irmos todos ver o Quim.</p>

Toda a malta se conheceu.
Todos os estudantes conviveram.
E muitos amigos se fizeram.
O problema é que ninguém tem sensatez.
E nos dias que se seguem…
Já não ninguém lembra o que fez.</p>

Foram abraços, foram beijos,
Foram bebedeiras e desejos.
Mas agora tudo acabou.
“Pró ano há mais” dizem uns,
O que é certo é que a Queima…
a todos nós alegrou.</p>

Muitas coisas ficariam por dizer,
Mas o essencial já está dito.
A vida tem dois dias,
O carnaval tem três,
Mas a Queima, essa sim…
Dura uma boa semana e meia…
Bem dito o homem que a fez!!!.</p>
publicado por Pica às 01:21
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 3 de Maio de 2005

Hoje o Doentinho Sou Eu

Doentinho.JPG

Hoje quem é o doentinho,… sou eu. Quem precisa de cuidados de saúde,… sou eu.



Estou aqui, em frente ao PC, cheio de cefaleia, cheio de sudorese e com diversos sintomas sub-febris.



Parece que os Enfermeiros, não são imunes,… também nós ficamos doentes. Sim, também nós, de vez em quando, temos o direito de ficar doentes.



Muitas pessoas pensam, que ter febre é mau. Acontece que a febre, é um sintoma que diz que o nosso organismo, está a combater uma bactéria, ou um virús patogénico, que penetrou no nosso organismo e está a tentar “defender-se” dele, tentando deste modo anula-lo. É um sintoma inato a todos nós, embora seja muito desconfortante.



Acho que algum estaphylococus aureus, anda a fazer das suas, no meu organismo. Só espero é que os meus linfócitos cumpram o seu dever.



Bem!!!, resta-me drogar-me em antipiréticos e deitar-me na cama com um termómetro na boca, à espera que amanhã seja um dia melhor…

publicado por Pica às 13:50
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Exp

. Fora com os D'ZRT

. Desabafos de Um Dia Exaus...

. Ao meu Paulão!!!

. Um Outro Portugal...

. Ha Bom!!! Afinal Faz Bem....

. Ao Fiel Amigo Barbeiro...

. Um Momento Poético

. Fogo!!! o mesmo Problema ...

. Dia Mundial de Luta Contr...

.arquivos

. Dezembro 2007

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds