Segunda-feira, 12 de Setembro de 2005

Um Momento Poético

Queca.JPG

Enfim!!! ora aí está um momento de poesia ao mais alto nível. Se bem que eu acrescentaria aqui mais umas estrofezitas a este Poemita:



Aqui vai:



Se a Queca for avante,
Não te esqueças de usar camisinha,
Mesmo se for a tua amante,
Pois passado nove meses…
Pode nascer uma criancinha!!!



Mas se outra coisa quiseres fazer,
Como a “tripa” aliviar,
Não te esqueças do bem dito papel,
Para o teu rabinho limpar.



Mas lembra-te do teu papelzinho,
Mete-o no Eco-Ponto azul,
Que o ambiente agradece,
E este espaço, fica bem mais limpinho!!!

publicado por Pica às 19:09
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Anónimo a 30 de Setembro de 2005 às 15:32
Não sou própriamente um Fernando Pessoa... e também não se pode agradar a todos. Ok!!! não te agrada levar com a merda dos outros no traseiro... (o que é prefeitamente normal!!!) Fica bem!!! Passa por cá mais vezes.Pica
(http://Picanucu.blogs.sapo.pt)
(mailto:NunitoSantos@iol.pt)


De Anónimo a 30 de Setembro de 2005 às 12:28
gostei bastante da tua 1ª estrofe. agora o resto não, pá. ainda passo por lá pa dar um queca e fico com o cú todo cagado com a merda do outro!moi meme da silva
</a>
(mailto:naoquedepoisrecebomuitojunkymail@free.com)


Comentar post